Thanatos CD ~ ENG/JAP - PORT

Ir em baixo

Thanatos CD ~ ENG/JAP - PORT

Mensagem por Beatorisu em Qui Ago 05 2010, 22:16

Então vou começar por aqui... Lembrando que: !

1- As traduções não são perfeitas. Nem de longe. Foram feitas somente com o intuito de que todos possam saber pelo menos do que se trata.

2- Conforme traduções melhores forem sendo feitas, provavelmente os topicos serão atualizado ou ... bem. entenderam.

3- A tradução a seguir foi feita por mim a partir do Japonês (romaji) e Inglês. A base de romaji e tradução em inlgês provém dos respectivos sites:
Azaeri - romaji por Kadou
White Crow - tradução para inglês por Ialdabaoth


Dito isso, vamos às traduções ~ n.n


SOKO NI ARU FUUKEI (Na cena onde…)

Spoiler:
Fantasia é como um jogo de compor músicas. Não há escapatória de Thanatos.

Na cena onde…
Uma estrada para a escuridão. Som de insetos. Um aventureiro descalço.

Na cena onde…
A fraca luz de um lampião. Corredores que rangem.Uma garota na meia noite.

Na cena onde…
Um sótão. Um pequeno e empoeirado quarto. Uma velha caixa de brinquedos.

Na cena onde…
Escuridão em 4 cores. Um brinquedo caído. Um jogo Cruel.

Na cena onde…

Na cena onde…
Brinquedo falso. Marionete quebrada. Uma faca da luz da lua.

Na cena onde…
Um brinquedo arrependido. Carruagem prateada. Uma promessa de nevasca.

Na cena onde…
O desejo de um brinquedo. Ampulheta do renascimento. Um poema do céu estrelado.

Na cena onde…
Brinquedo solitário. Um castelo de coral. Uma prisão no fundo do mar.

Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu Lu
Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu
Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu Lu
Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu

Reminiscência é cor do vento cruzando os campos, tão perto e ainda assim tão longe de um cena inalcançável.

Sonhando repetidamente com Thanatos. O cenário que a menina que não dorme vê é…

Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu Lu
Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu
Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu Lu
Lu Lu Lu Lu Lu Li Lu Lu Li Lu La Lu

Na cena onde…


KOWARETA MARIONETTE (marionete quebrada)

Spoiler:
Cenário repetido incontáveis vezes, apenas trazendo tragédia.

No mar de profundo vazio, esperando para despertar.
Memórias oscilantes são uma doce melodia.

Dentro das profundezas de si própria a “menina” acorda.
Uma dança no crepúsculo, uma promessa inevitável.

A marionete quebrada repete os mesmos movimentos.
Isso é uma luta? Você está com dor?
Tudo isso termina aqui.

Flores vermelhas nascem nos pescoços que ela beija.
Até que a lua afunde no mar a menina não dormirá.

Reminiscência da chuva num funeral. Quem é a menina que está chorando?
O instinto assassino crescendo no crepúsculo, outro eu.
A marionete quebrada repete os mesmos movimentos.
Sendo guiada pelos impulsos de Thanatos.

A marionete quebrada repete os mesmos movimentos.
Isso é triste? Você está chorando?
Por favor, termine isso logo.

Uma gota da lua escarlate não pode ir contra o impulso.
Aprisionada na escuridão da noite, essa menina não pode dormir.

A borboleta que bate asas no céu da noite como se procurasse flores para matar
A marionete defeituosa de Thanatos.


GINIRO NO BASHA(carruagem prateada)

Spoiler:
O pesadelo que deve ser evitado é chamado “impulso”. Quem é a marionete quebrada?

Nós que nascemos nesse mundo sem salvação
Somo entrelaçados pela… corrente da morte.
A corrente que não pode ser vista nos envolve mais e mais.
O mensageiro de Thanatos nunca deixa escapar nada.

Repentinamente o impulso nos invade.
Mãe e filho que fogem são perseguidos pela carruagem prateada.
Uma cena de uma noite, quando uma tempestade assola
Um triste conto colorido de branco

Abraçando seu pequeno bebê a mulher corre pelo campo congelado.
A carruagem de prata persegue, correndo como o vento, as sombras que fogem.

O homem de roupas pretas agita sua congelada e ardente mão azul.
Envolto em uma luz ofuscante, despertou, ainda que fosse muito tarde.

O que a mulher enterra na neve… Ah!
São os restos mortais de seu amado filho.

Nunca chora. Nunca se move. O bebê está embaixo da neve.
Nunca sorri. Nunca cresce. Triste canção do destino.
Nunca chora. Nunca se move. O bebê está embaixo da neve.
Nunca sorri. Nunca cresce. Triste canção do destino.


RINNE NO SUNNADOKEI (a ampulheta do renascimento)

Spoiler:
Finalmente o sol do amanhecer nasce, um dos óbitos levados pela carruagem de prata.

No mundo caindo em sua ruína, como se recolhesse pó de estrelas
Eu componho uma canção até que se deteriore.

As flores crescerão lindamente até virarem areia conforme forem morrendo
caindo em seu pacífico fim.

Uma ampulheta prateada contendo o estrelado céu brilhante.

Eu rendo meu corpo à agonia, acreditando no ciclo da reencarnação.
E eu vou com um sorriso nos lábios… “Eu vivi”.

Se eu me fosse concedido um último pedido egoísta, então por favor
Não quero ir à meia noite, é muito solitário.
Se possível, gostaria de na luz do início da manhã
Sentindo o sopro de uma nova chegada
Rindo, cantando, envolto em seus braços…

A última, azul, oscilante e ardente chama
desaparece em seus braços… “Eu amei”.

Eu rendo meu corpo à agonia, acreditando no ciclo da reencarnação.
E eu vou com um sorriso nos lábios… “Eu vivi”.

La La La La La La La La La La… Eu amei.
La La La La La La La La La La… Eu vivi.

La La La La La La La La La La… Eu amei.
La La La La La La La La La La… Eu vivi.

La La La La La La La La La La… Eu amei.
La La La La La La La La La La… Eu vivi.


SANGO NO SHIRO (castelo de coral)

Spoiler:
O que eles estão esperando é o momento em que a ampulheta é invertida.

Nas profundezas do frio e azul oceano, eles sonham com as bolhas da superfície.
As reminiscências esquecidas decaem conforme o balanço.
O paraíso caiu no mar de árvores onde dorme o castelo de coral
O guarda protegendo a porta está imóvel como uma pedra.

Eu quero ver você… O nome do meu amado
por mais que eu grite, minha voz são alcançará.

Trancados… O Castelo é a prisão dos mortos. Thanatos não os deixará escapar…


THANATOS NO GENSOU (a ilusão de thanatos)

Spoiler:
Prisioneiro no castelo imaginário, o coral retorna ao aposento inicial.

Uma marionete quebrada. Uma carruagem prateada.
Uma ampulheta prateada. Um castelo de coral, Thanatos.
Tudo não passa de ilusões da menina. Um pesadelo na noite sem dormir.
Inconscientemente, ela ouve o sussurro de Thanatos.

Um desejo defeituoso, a balança pesa para o egoísmo.
A menina oscila na fronteira entre realidade e ilusão.
Seu tempo irreversível é como se repetisse dia a noite.
Conscientemente, ela vividamente altera o elenco.

Lan La La La La Lan Lan Lan La La La La La Lan Lan
Lan La La La La La La Thanatos La La Li
Lan La La La La Lan Lan Lan La La La La La Lan Lan
Lan La La La La La La Thanatos La La Li

Realidade é apenas o cenário que está lá.
Ilusões são sempre projetadas em minha mente.
Um espelho deformado. Um instinto de morte. Tonturas. Impulsos voam sobre a sua cabeça.
A besta mascarada. A menina está dentro da jaula.

Eu não sou forte o bastante para viver um momento
Eu não sou tão estúpido para viver uma eternidade.
Eu… Eu apenas mantenho o meu “eu” que está gritando.
Enquanto eu sonho com Thanatos toda noite.

Renovando e renovando. As badaladas do sino são como um pesadelo.
No fim o que estou esperando… é a carruagem de prata? Ou será…
Um falso Thanatos. Um falso ciclo de morte e renascimento. Uma canção até que tudo se deteriore.
Eu continuo a viver enquanto acumulo fantasias…
Girando e girando. As badaladas do sino são como um pesadelo.
Um sistema que leva ao caminho da morte. Vida é um dispositivo que continua a dar luz à fantasias.
Girando e girando. As incessantes badaladas do sino… Eu sinto…
Como se Thanatos estivesse me observando de algum lugar

_________________
Nothing seems to be written in the textbook of love



gif by Phii ~

Spoiler:





avatar
Beatorisu
Representante da Remi
Representante da Remi

Mensagens : 1259
Data de inscrição : 02/08/2010
Idade : 27
Localização : ignorada, perdida no mundo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum