Hinamizawa no Rakuen

Ir em baixo

Hinamizawa no Rakuen Empty Hinamizawa no Rakuen

Mensagem por Yukito em Ter Dez 28 2010, 22:03

É uma idéia que tive e já faz um tempo que escrevi isso. Alguns até já leram. Trata-se de um crossover entre Elysion e Higurashi no Naku Koro Ni. O objetivo é incorporar as músicas dentro da história, tornar a vila de Hinamizawa o palco para as loucuras do Revo misturadas à minha bizarrice. Eu ainda pretendo continuar, só preciso de ânimo e força de vontade. Comentem :3


Hinamizawa no Rakuen [Side→R]

A garota abriu os olho. Não parecia feliz, e de fato não estava. Na verdade, já estava tão acostumada que se sentia farta. Não agüentava mais, queria que tudo acabasse. Aquele ambiente, tão vazio e silencioso, ela odiava. Seu corpo frágil e pequeno encontrava-se flutuando, pois não havia chão. E também não havia céu. Não havia nada, apenas ela e a imensidão.

Uma vez mais, o jogo está para começar.

Uma luz surgiu, revelando uma nova presença. Em seguida, fragmentos de luz se espalharam ao redor da garota e formaram imagens. O que seriam? Ah, como poderia ter se esquecido? Eram suas memórias. Fragmentos de seu outro eu. A menina então fitou a recém-chegada, mas não disse nada.

- Rika, vamos tentar de novo! – Aquela que chegara com a luz disse, determinada.

- É sempre assim, Hanyuu...Eu estou...Cansada. – Ela respondeu, desanimada.

O silêncio novamente reinou. As suas memórias continuavam sendo mostradas. Cenas horríveis e perturbadoras. Seus amigos enlouquecendo e sendo mortos, não suportava mais ver aquilo e não poder fazer nada. Se sentia impotente, se sentia fraca. Por mais que pudesse recomeçar, não conseguia mudar o destino, não conseguia salvar a vida daqueles que ela tanto amava. Toda esta luta seria inútil? Não seria melhor aceitar os fatos e desistir?

- Você não vai desistir, vai? – Hanyuu perguntou, preocupada – Depois de tudo que passamos... Você vai deixar que eles sofram? – Indagou de um jeito inocente e choroso.

Aquelas palavras lhe atingiram como flechas. Memórias felizes e divertidas invadiram sua mente repentinamente. Os sorrisos, as atividades do clube, a companhia agradável de todos eles e, sobretudo, a amizade.

E então, Rika caiu em si.

Hanyuu estava certa, não podia abandoná-los. Lutaria até o fim para que os dias agradáveis não acabassem. Não permitiria que tirassem sua felicidade novamente. Aquele ciclo precisava ser quebrado. Rika queria salva os seus amigos, queria salvar a si própria, queria que todos pudessem ser felizes para sempre.

Sim, ela estava cansada. Sim, ela não suportava mais aquilo. Mas ela ainda podia sonhar com um futuro melhor. E seria um monstro se esquecesse dos momentos nos quais experimentou a felicidade, precisava preservá-los. Queria sentir novamente a sensação de amar e ser amada.

- Então vamos, Hanyuu.

Todo o ambiente se iluminou. Rika tentaria mais uma vez. Para voltar aos dias felizes de sua infância, ela deixou que seu corpo despencasse em direção ao infinito. Era como se a ilusão de um mundo melhor a convidasse, como se uma nova chance de ser feliz estivesse ali, esperando por ela. Uma vez mais, a porta do recomeço foi aberta.

Em breve, a fantasia seria esmagada e restaria apenas uma nova realidade.

“Hanyuu, a natureza continua agradável nesse novo mundo?
Hanyuu, meus amigos estão me esperando nesse novo mundo?
Hanyuu, poderei encontrar a felicidade eterna nesse novo mundo?
Me diga, Hanyuu, é possível haver paz nesse novo mundo?”


Novo mundo.
Buscava a felicidade dos sonhos, mas a realidade era cruel.
Novo mundo.
A felicidade que tanto desejava parecia uma ilusão.
Novo Mundo.
O paraíso que tentava alcançar sempre se tornava um inferno.
Novo Mundo.
Quando conseguiria transformar o inferno em paraíso?

“Hanyuu, que tipos de sentimentos existirão nesse novo mundo?
Me diga, que acontecimentos marcarão esse novo mundo?
Hanyuu, que corações serão magoados nesse novo mundo?
Me diga, você ficará comigo nesse novo mundo?”


“Hanyuu, a amizade existirá nesse novo mundo?
Hanyuu, a melodia do amor será tocada nesse novo mundo?
Hanyuu, não sentirei mais dor nesse novo mundo?
Me diga, Hanyuu, conseguiremos um final feliz nesse novo mundo?”


Rika continuava despencando de olhos fechados. Sentia-se cada vez mais próxima de renascer. Ela torcia para que o seu “próximo eu” conseguisse alcançar a tão almejada felicidade. Estava ansiosa só de pensar que, quando abrisse os olhos novamente, poderia reviver os momentos agradáveis com seus amigos. E dessa vez, queria que durasse para sempre.

_________________
Hinamizawa no Rakuen KagerouKanoSign_zpsd2292466
Yukito
Yukito
Representante do Jimang
Representante do Jimang

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 02/08/2010
Idade : 23

http://horizonseekers.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hinamizawa no Rakuen Empty Re: Hinamizawa no Rakuen

Mensagem por Wispyweed em Qua Dez 29 2010, 17:59

WEEEEEEEEE
Eu quero ver como isso vai acabar, kufufu~
AGORA SACRIFICE TEM QUE SER COM AS GÊMEAS SONOZAKI, OK? OU MATO UM E -n
Ark seria... Satoko! E Satoshi! Hinamizawa no Rakuen 398687
Heh, vou pensar nisso por um bom tempo... Kufufu~
Espero que continue Hinamizawa no Rakuen 348201
Wispyweed
Wispyweed
Shizunda Utahime
Shizunda Utahime

Mensagens : 847
Data de inscrição : 28/12/2010
Idade : 20
Localização : Queensland

http://ultradarkgravity.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum